blog

Em vez de escrever sobre o que você sabe, escreva sobre o que vê. Suponha que você saiba muito pouco e que nunca saberá muito até que aprenda a ver.  ― Sigrid Nunez, The Friend

____

Querida Amanda,

Querida Amanda de 22 anos, você não faz ideia das coisas loucas que aconteceram até agora. Dois anos nos separam, mas parece que foi uma vida. Vou te dar alguns spoilers: sabe essa angustia que você tá sentindo com o trabalho? Você finalmente vai ter coragem de se decidir (inclusive, depois de muito choro) a pedir demissão. E vai viajar. Sim, mas não só uma viagem, você vai

coninue lendo »

A gente sempre merece mais uma chance

Era 16 de dezembro de 2017 quando eu apertei o REC da câmera porque queria tentar. Tentar ser eu, tentar continuar, tentar mudar. Só sobreviver não tava sendo uma boa escolha. Então eu arrumei minhas malas, saí pra conhecer o mundo e tentar me entender. Mas aquele sentimento estranho tava ali, e quando a grande emoção da viagem acabou, eu me vi naquele mesmo lugar novamente. Eu tava

coninue lendo »

Vamos de carona? Manual de como pedir carona sendo uma mulher viajante

Pedir carona não é tão difícil quanto parece e é muito mais enriquecedor do que eu poderia descrever. Aprendi isso indo sozinha de Pelotas até Porto Alegre de carona com um caminhoneiro uruguaio.  A história começou quando eu decidi começar a viajar, e por não ter companhia, fui sozinha.  Ir sozinha me mostrou que eu poderia fazer qualquer coisa. Qualquer coisa mesmo, inclusive pedir carona no meio da

coninue lendo »

FOMO ou JOMO? A gente sempre tá perdendo algo

Você já sentiu medo de estar perdendo algo? Eu sim, mil vezes, todos os dias. E isso é tão comum que existe até um termo, o “FOMO”, fear of missing out. Perdendo aquela rolê que vai ser o melhor de todos, aquela oportunidade de mercado, as novidades do mundo, espaço no mercado, aquela série que todo mundo tá comentando. FOMO, a sensação de que tem mil coisas acontecendo

coninue lendo »

E para quem prefere vídeos...

feito com ♥ por Amanda Teló