____

Já parou para reparar em quantas vezes você reclama por dia?

Já parou para reparar em quantas vezes você reclama por dia? Eu parei e to em choque. Na verdade é um comportamento bem automático e sem propósito que adotamos em nosso cotidiano sem nunca pensar no porquê.

Então agora vou convidar vocês a pensarem no porquê.

Por que reclamamos?

Reclamamos porque adoramos ser vítimas. Somos vítimas do azar, do destino, do universo, do sistema. Nos colocamos nessa posição porque é muito mais fácil reclamar do que fazer algo a respeito para mudar.

Ah, também amamos as vantagens que a pena nos traz. Sabe quando você tá doente e todo mundo faz tudo pra você? Amamos essa sensação. Gostamos de fazer um drama para que cada vez mais as pessoas sintam essa pena e façam tudo por nós, ou nos tratem bem, ou perdoem nossos vacilos, afinal “coitadinho dele”.

 

Qual seria a vantagem de reclamar de algo?

Pensem comigo: o clima tá chuvoso e você não gosta de chuva, daí você passa o dia todo reclamando da chuva. Isso mudou algo? Fez a chuva parar? Não, já vimos que reclamar não soluciona a situação.

A mesma coisa se aplica a falar mal das pessoas, ou seja, reclamar das pessoas. Li uma coisa que dizia: se você não tem coragem de falar na cara da pessoa o que pensa, não fale para os outros. Isso não ajuda a pessoa a mudar, não ajuda você a aprender a lidar com a pessoa e nem ajuda de alguma forma a pessoa para qual você reclama.

 

E as desvantagens?

Além de viver a merce da vida (e reclamando disso), você traz negatividade para seu mundo. Parece que a vida se baseia em viver olhando para as coisas que te aborrecem, para os lados ruins das situações, sempre se colocando na parte fraca da equação.

Como mudar

Sorte e azar, destino, Deus, universo, a responsabilidade é sempre dos outros. Que tal assumir a responsabilidade pelo que acontece?

Chover não é uma responsabilidade sua, mas é sua responsabilidade o modo como você escolheu lidar com isso. Quando não dá pra mudar a situação, mude a postura.

Parece conversa fiada, mas se colocar como protagonista nesse tipo de situação pode mudar muito a sua vida.

Então a partir de agora vou propor um desafio: pense numa situação que você vive reclamando. Agora pense em uma solução para ou mudar a situação ou mudar o jeito com que você lida com ela. Eu aposto que isso vai te fazer se sentir bem melhor.

Ah, e se precisar dar uma reclamadinha diária, use o twitter  em vez do ouvido das pessoas que você ama. Juro que você estará fazendo um favor para elas e até para você mesmo.

 

Indicação

A maiorias dos pensamentos me vieram na leitura do livro

Ele propõe um exercício muito bom para aprendermos a torna a reclamação algo conciente. Indico muito.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Continue por aqui..

feito com ♥ por Amanda Teló